• Sem contraindicações
  • Sem riscos a saúde em caso de superdosagem
  • Ausência total de toxidez

Fertilidade de machos

Tratamento da infertilidade de machos

INDICAÇÕES

  • Subfertilidade de machos

  • Reprodução 

Vigotonus
caixa com 24 und. de 600g
Por: R$366,95
ou 6x de R$61,16 sem juros no cartão
Tratamento da infertilidade de machos

Para que serve?

Indicado para o tratamento da infertilidade e/ou subfertilidade de machos reprodutores.
MODO DE USAR

Indicações

Indicado para o tratamento da infertilidade e/ou subfertilidade de machos reprodutores (touros, carneiros, bodes e cachaços). Preventivamente pode ser fornecido para animais em regime de coleta de sêmen ou em preparação para a época de acasalamento.

Posologia e Modo de usar

Assegurar a ingestão individual diária através do fornecimento via suplemento mineral ou proteicos ou diretamente sobre a ração, nas seguintes doses:

Touros: mínimo 30g/dia.

Carneiros e bodes: mínimo 10g/dia

Cachaços: mínimo 20g/dia.

Modo de conservação e validade

Conservar em local seco e arejado, ao abrigo do sol, longe de odores fortes e de fontes com radiação eletromagnética. Assegurar-se que a mistura final fique homogênea. Manter as embalagens sempre bem fechadas após a abertura inicial. Validade de 24 meses a partir da data de fabricação.

Contra Indicações

 Não existem. Em caso de dúvidas consulte um Médico Veterinário ou a Real H.

Apresentação

Embalagens de 600g.

PARA OBTER O MELHOR DESEMPENHO DO PRODUTO SIGA AS DICAS DE MANEJO DA REAL H:

• Assegure-se de que a área de cocho é sufi ciente para todos animais do lote;

• Observe rigorosamente as doses indicadas;

• Avalie sempre a qualidade dos alimentos fornecidos, visando obter a melhor resposta do organismo;

• Nas fórmulas produzidas na propriedade, adicione o produto a um dos ingredientes antes de colocar no misturador, assim, reduz perdas por adesão às paredes do equipamento, inclua-o no terço fi nal da mistura;

• Incorpore o produto aos suplementos ou rações de modo a garantir a homogeneidade da mistura fi nal;

• Avalie periodicamente a ingestão efetiva do produto (g/cab/dia). Forneça o produto diariamente durante o tratamento conforme rótulo/bula;

• É importante após o manuseio do medicamento, fechar a embalagem e armazenála em local seco, ao abrigo de luz solar e calor;

• Os produtos não perdem a sua ação mesmo em contato com a chuva. É importante remexer os alimentos no cocho para favorecer a secagem natural;

• Nas propriedades com parasitismos muito intensos e fora de controle, antes de iniciar o tratamento homeopático é necessário fazer uma avaliação minuciosa. As variáveis como genética, histórico do rebanho, manejo, tratamentos convencionais, doses, carga animal, nutrição e nível de produção, devem ser consideradas;

• Em alguns casos, é importante realizar testes diagnósticos complementares; OPG (ovos por grama de fezes), FAMACHA (coloração da mucosa) e BIOCARRAPATICIDOGRAMA (avaliação da efi cácia dos carrapaticidas), para a defi nição da melhor estratégia de combate;

• Nestas propriedades, com frequência, os animais necessitam de tratamentos complementares, face ao grande desequilíbrio ecológico presente. Estes tratamentos devem ter sua efi cácia acompanhada para que ajustes nas doses sejam implementados;

• Cumpra fi elmente o calendário sanitário ofi cial. Avalie a necessidade de outras vacinações;

• Em casos especiais consulte sempre o Médico Veterinário responsável ou o Departamento Técnico da Real H.

PARA OBTER O MELHOR DESEMPENHO DO PRODUTO SIGA AS DICAS DE MANEJO DA REAL H:

• Assegure-se de que a área de cocho é sufi ciente para todos animais do lote;

• Observe rigorosamente as doses indicadas;

• Avalie sempre a qualidade dos alimentos fornecidos, visando obter a melhor resposta do organismo;

• Nas fórmulas produzidas na propriedade, adicione o produto a um dos ingredientes antes de colocar no misturador, assim, reduz perdas por adesão às paredes do equipamento, inclua-o no terço fi nal da mistura;

• Incorpore o produto aos suplementos ou rações de modo a garantir a homogeneidade da mistura fi nal;

• Avalie periodicamente a ingestão efetiva do produto (g/cab/dia). Forneça o produto diariamente durante o tratamento conforme rótulo/bula;

• É importante após o manuseio do medicamento, fechar a embalagem e armazenála em local seco, ao abrigo de luz solar e calor;

• Os produtos não perdem a sua ação mesmo em contato com a chuva. É importante remexer os alimentos no cocho para favorecer a secagem natural;

• Nas propriedades com parasitismos muito intensos e fora de controle, antes de iniciar o tratamento homeopático é necessário fazer uma avaliação minuciosa. As variáveis como genética, histórico do rebanho, manejo, tratamentos convencionais, doses, carga animal, nutrição e nível de produção, devem ser consideradas;

• Em alguns casos, é importante realizar testes diagnósticos complementares; OPG (ovos por grama de fezes), FAMACHA (coloração da mucosa) e BIOCARRAPATICIDOGRAMA (avaliação da efi cácia dos carrapaticidas), para a defi nição da melhor estratégia de combate;

• Nestas propriedades, com frequência, os animais necessitam de tratamentos complementares, face ao grande desequilíbrio ecológico presente. Estes tratamentos devem ter sua efi cácia acompanhada para que ajustes nas doses sejam implementados;

• Cumpra fi elmente o calendário sanitário ofi cial. Avalie a necessidade de outras vacinações;

• Em casos especiais consulte sempre o Médico Veterinário responsável ou o Departamento Técnico da Real H.

CASOS DE SUCESSO

Efeito sobre Touro condenado- aspectos laboratoriais (Grison da Baronesa)




 

 

Animal adquirido aos 17 meses de idade e manejado estritamente a campo. Dos 20-24 meses participou de estação de monta com 50 vacas durante 04 meses obtendo índice de concepção próximo de 82%. Aos 04 anos de idade foi alojado na Central Bela Vista e lá permaneceu por 06 meses. Foram congeladas 450 doses, posteriormente detectou cerca de 32% de cauda fortemente dobrada com gota.

TRATAMENTO:

1)     HB VIGOTONUS (100g/dia)

2)     HB CONVERT H  (100g/dia)

3)     REPOUSO SEXUAL e  IR para CAMPO sair da cocheira, emagrecer

RESULTADOS:

Andrológico(24.06.09) Andrológico (10.08.09) Andrológico (10.10.09) Andrológico (10.11.09)
1.070 kg 1.070 kg 1.070 kg 1.070 kg
945 x 103 esperma por mm3 350 x 103 esperma por mm3 870 x 103 esperma por mm3 70 x 106 esperma por mm3
49,5% esperma anormais 26,5% esperma anormais 30,5% esperma anormais 13,0% esperma anormais
INAPTO (campo) APTO (tratamento) APTO (tratamento) APTO (Central)

 LAUDOS:

 


 



 


VANTAGENS DO USO

Estudos realizados no Brasil, envolvendo número expressivo de touros que estavam sendo utilizados em monta natural em diversos Estados da Federação, indicaram haver mais de 53% deles com problemas de fertilidade. As principais causas de baixa fertilidade ou infertilidade estão apresentadas na Tabela abaixo.

Segundo pesquisas, os fatores de meio ambiente desfavorável e o manejo indesejável constituíram as principais causas de baixa fertilidade para touros destinados á reprodutores em condições de Brasil Central. Assim, cuidadosos exames clínicos, sanitários e andrológicos são imprescindíveis para animais a serem usados como reprodutores, além de melhores critérios de seleção genotípica e melhor manejo. 

 

 

 

Tabela: Principais causas de baixa fertilidade ou infertilidade identificada em touros usados em rebanhos, no Brasil.

Causa

Freqüência (%)

Degeneração testicular

21,5

Imaturidade sexual

11,9

Maturidade sexual retardada

3,5

Hipoplasia testicular

3,5

Espermiogênese imperfeita

2,9

Espermatocistite

2,7

Disfunção do epidídimo

2,1



Fonte: Vale Filho et al. (1978). 

Outro fator de grande relevância são as doenças infecciosas que comumente estão associadas aos distúrbios reprodutivos em bovinos, afetam assim o desempenho deste sistema e são: brucelose, leptospirose, campilobacteriose, rinotraqueíte infecciosa bovina, diarreia viral bovina e tricomonose.

Nos últimos anos, uma variedade de novas tecnologias reprodutivas assistidas (ART), como por exemplo, várias formas de Fertilização In Vitro (FIV) e criopreservação, foram desenvolvidas e realizadas, estando disponíveis na medicina veterinária, com o objetivo de aumentar os índices de infertilidade ou melhoramento e preservação da genética do gado.

O controle dessas doenças deve ser sistemático, pois a incidência de tais enfermidades reduz o potencial reprodutivo do rebanho de cria, originando problemas clássicos como a diminuição do número de gestações, ocorrência de perdas fetais ou partos prematuros, com consequente diminuição do número de serviços por animal, perdas na qualidade do sêmen e aumento dos custos com veterinários e drogas para tratamento gerando perdas econômicas.

A Homeopatia se torna fundamental neste desafio, por proporcionar equilíbrio orgânico, com ação na fisiologia hormonal. A Qualidade dos espermatozoides e aumento na libido, são ações observadas com o Vigotonus na forma preventiva ou curativa em machos sob sistemas de coleta ou monta natural/controlada.

DÚVIDAS

a) Este produto pode deixar resíduo?

Não. Por se tratar de um produto natural, sua técnica de produção ultrapassa a divisibilidade da matéria, restando ao final apenas a energia do medicamento.

b) Como posso fornecer o produto?

O fornecimento deve ocorrer diretamente na alimentação dos animais, seguindo as doses preconizadas de acordo com a categoria e divididas em dois tratos diários.

c) Quanto tempo demora a verificar os resultados?

A resposta é rápida, principalmente por melhorar o equilíbrio orgânico do rebanho, reduzindo o estresse. Sua ação é verificada na espermiogênese e libido dos machos.

d) Não tenho como separar o rebanho, posso fornecer para todas os animais da propriedade, machos e fêmeas?

Sim. Não existe contra indicações, por isso o produto pode ser fornecido para todo rebanho. Sua ação ocorre apenas na fisiologia hormonal dos machos, não tendo nenhuma ação sobre as fêmeas.

e) Qual o princípio ativo contido neste produto?

Os produtos homeopáticos utilizam ingredientes do Reino Animal, Mineral e Vegetal em sua composição.

f) Posso utilizar mais de um produto numa mesma mistura?

Sim. Os produtos homeopáticos não anulam a função um do outro, ou seja, um potencializa a função do outro. Podendo ser trabalhados vários desafios em uma única alimentação. Ex: via ração podemos utilizar ate três produtos.

Descrição

Detalhes

Indicado para o tratamento da infertilidade e/ou subfertilidade de machos reprodutores.
Informação Adicional

Informação Adicional

Título Fertilidade de machos
Sub-título Tratamento da infertilidade de machos
Resultados

Efeito sobre Touro condenado- aspectos laboratoriais (Grison da Baronesa)




 

 

Animal adquirido aos 17 meses de idade e manejado estritamente a campo. Dos 20-24 meses participou de estação de monta com 50 vacas durante 04 meses obtendo índice de concepção próximo de 82%. Aos 04 anos de idade foi alojado na Central Bela Vista e lá permaneceu por 06 meses. Foram congeladas 450 doses, posteriormente detectou cerca de 32% de cauda fortemente dobrada com gota.

TRATAMENTO:

1)     HB VIGOTONUS (100g/dia)

2)     HB CONVERT H  (100g/dia)

3)     REPOUSO SEXUAL e  IR para CAMPO sair da cocheira, emagrecer

RESULTADOS:

Andrológico(24.06.09) Andrológico (10.08.09) Andrológico (10.10.09) Andrológico (10.11.09)
1.070 kg 1.070 kg 1.070 kg 1.070 kg
945 x 103 esperma por mm3 350 x 103 esperma por mm3 870 x 103 esperma por mm3 70 x 106 esperma por mm3
49,5% esperma anormais 26,5% esperma anormais 30,5% esperma anormais 13,0% esperma anormais
INAPTO (campo) APTO (tratamento) APTO (tratamento) APTO (Central)

 LAUDOS:

 


 



 


Nº de parcelas 6
Comentários

Tags do Produto

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.

Novidades e ofertas

Cadastre-se e receba com exclusividade descontos, novidades e promoções.

Glossário animal:

ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ