• Sem contraindicações
  • Sem riscos a saúde em caso de superdosagem
  • Ausência total de toxidez

Bezerros mais saudáveis

Previne anemia decorrentes de infecções intestinais da fase de desmama até a recria.

Top Vita
saco com 20kg
Por: R$252,84
ou 6x de R$42,14 sem juros no cartão
Previne anemia decorrentes de infecções intestinais da fase de desmama até a recria.

Para que serve?

MODO DE USAR

Indicações

Indicado para a prevenção da anemia e do enfraquecimento decorrente de infecções intestinais de bezerros (as) da fase de desmama até a recria. 

Gado de Leite

Do final da fase de aleitamento até os 12 meses, fornecer 30g/cab/dia, todos os dias, via ração ou suplemento protéico. Na fase de Recria a dose pode ser reduzida para 15g/cab/dia e ser fornecida também via suplemento mineral, desde que a ingestão mínima, do produto seja obtida. Gado de Corte: Elite: fornecer via ração ou forragem (no cocho) 20 a 30g/cab/dia. 

Campo

Adicionar 10% de TOPVITA por saco de suplemento mineral ou protéico. Ajustar a quantidade do TOPVITA a ser incorporada na ração de acordo com a dose indicada cabeça/dia. As doses podem ser alteradas a critério do Médico Veterinário. 

Modo de conservação e validade

Conservar em local seco e arejado, ao abrigo do sol, longe de odores fortes e de fontes com radiação eletromagnética. Assegurar-se que a mistura final fique homogênea. Manter as embalagens sempre bem fechadas após a abertura inicial. Validade de 24 meses a partir da data de fabricação.

ContraIndicações

Não existem. Em caso de dúvidas consulte um Médico Veterinário ou a Real H.

Apresentação

 saco de 20kg.

PARA OBTER O MELHOR DESEMPENHO DO PRODUTO SIGA AS DICAS DE MANEJO DA REAL H:

• Assegure-se de que a área de cocho é sufi ciente para todos animais do lote;

• Observe rigorosamente as doses indicadas;

• Avalie sempre a qualidade dos alimentos fornecidos, visando obter a melhor resposta do organismo;

• Nas fórmulas produzidas na propriedade, adicione o produto a um dos ingredientes antes de colocar no misturador, assim, reduz perdas por adesão às paredes do equipamento, inclua-o no terço fi nal da mistura;

• Incorpore o produto aos suplementos ou rações de modo a garantir a homogeneidade da mistura fi nal;

• Avalie periodicamente a ingestão efetiva do produto (g/cab/dia). Forneça o produto diariamente durante o tratamento conforme rótulo/bula;

• É importante após o manuseio do medicamento, fechar a embalagem e armazenála em local seco, ao abrigo de luz solar e calor;

• Os produtos não perdem a sua ação mesmo em contato com a chuva. É importante remexer os alimentos no cocho para favorecer a secagem natural;

• Nas propriedades com parasitismos muito intensos e fora de controle, antes de iniciar o tratamento homeopático é necessário fazer uma avaliação minuciosa. As variáveis como genética, histórico do rebanho, manejo, tratamentos convencionais, doses, carga animal, nutrição e nível de produção, devem ser consideradas;

• Em alguns casos, é importante realizar testes diagnósticos complementares; OPG (ovos por grama de fezes), FAMACHA (coloração da mucosa) e BIOCARRAPATICIDOGRAMA (avaliação da efi cácia dos carrapaticidas), para a defi nição da melhor estratégia de combate;

• Nestas propriedades, com frequência, os animais necessitam de tratamentos complementares, face ao grande desequilíbrio ecológico presente. Estes tratamentos devem ter sua efi cácia acompanhada para que ajustes nas doses sejam implementados;

• Cumpra fi elmente o calendário sanitário ofi cial. Avalie a necessidade de outras vacinações;

• Em casos especiais consulte sempre o Médico Veterinário responsável ou o Departamento Técnico da Real H.

CASOS DE SUCESSO
Resultados: ASO DE SUCESSO 1

CASO DE SUCESSO 2

 

 

HOMEOPATIA POPULACIONAL 

Fase RECRIA BEZERRAS

Faz MA SHOU TAO
CONQUISTA – MG

OBJETIVOS:

Reduzir a utilização dos medicamentos convencionais através de um Protocolo Terapêutico Padronizado, em dois lotes de bezerras nas fases de Desmama e Recria, com alta incidência de ectoparasitas.

Gerar Informações e dados que permitam a comparação entre os tratamentos; Tratamento Convencional ( Alopático ) e Tratamento Novo Enfoque ( Homeopático )

 Favorecer o desempenho animal  - expressão  genética .

MATERIAL E MÉTODO:

Foram selecionados 22 animais sendo os mesmos distribuídos aleatoriamente em 4 lotes:

 Lote Desmama Tratado (LDT) – 5 animais

  Lote Desmama Controle (LDC) – 5 animais

  Lote Recria Tratado (LRT)       - 6 animais

  Lote Recria Controle (LRC)      – 6 animais

Os animais foram colocados em piquetes considerados “problemas” no quesito parasitismo sendo dispostos de modo a ficarem lado a lado;

O fornecimento dos produtos Homeopáticos foi diário, conforme protocolo, via ração, divididos em dois tratos diários, para os lotes LDT e LRT durante 90 dias seguidos.

  • Critérios de Avaliação:
    • Avaliação Visual individualizada dos animais com relação a infestação por carrapatos (a cada 15 dias)
    • Pesagens nos dias 0 e dia 90

O protocolo do Tratamento Homeopático foi dividido em 3 fases e fornecidos aos lotes LDT e LRT:

FASE 01 -   1º ao 10º dia - 20g/cabeça/dia

FASE 02 - 11º ao 30º dia- 25g/cabeça/dia

FASE 03 - 31º ao 90º dia- 30g/cabeça/dia

RESULTADOS:

Tabela 1.   RESULTADOS de ganho DE PESO DURANTE OS 90 DIAS DO EXPERIMENTO E GANHO diário médio  NOS LOTES DESMAMA CONTROLE (ldc) E LOTES DESMAMA TRATADO (ldt).

GRUPOS

GANHO MÉDIO   

Dia 0 – Dia 90  em Kg

GANHO DIÁRIO

g/dia

Lote Desmama Controle (LDC)

46,2

513

Lote Desmama Tratado (LDT)

58,4

649

     

 

Tabela 2.  RESULTADOS de GANHO de PESO DURANTE os 90 DIAS do EXPERIMENTO e GANHO MÉDIO DIÁRIO dos LOTES RECRIA CONTROLE  e LOTES RECRIA TRATADO 


GRUPOS

GANHO MÉDIO  

Dia 0 – Dia 90  em Kg

GANHO DIÁRIO

g/dia

Lote

Recria Controle

37,66

418

Lote

Recria Tratado

53,16

590

 

TABELA  3.  CONTAGEM TELEÓGINAS,  NÚMERO de TRATAMENTOS CARRAPATICIDAS e INCIDÊNCIA TPB* nos LOTES RECRIA TRATADO E CONTROLE ao final dos 90 DIAS de TRATAMENTO.

 

LOTES

ANIMAIS com MAIS de 20 TELEÓGINAS

TRATAMENTOS CARRAPATICIDAS

ANIMAIS com TPB

Lote

Recria Controle

3

1 banho carr.

1 dose carr. injetável

2

Lote

Recria TRATADO

0

0

0

 

TABELA 4. CONTAGEM TELEÓGINAS, NÚMERO de TRATAMENTOS CARRAPATICIDAS e INCIDÊNCIA TPB* nos LOTES DESMAMA TRATADO e CONTROLE ao final dos 90 DIAS de TRATAMENTO

 

LOTES

 ANIMAIS com MAIS de 20 TELEÓGINAS

TRATAMENTOS CARRAPATICIDAS

ANIMAIS COM TPB

Lote

Desmama Controle

2

  1 banho carr.

  1 dose carr. injetável

5

Lote

Desmama TRATADO

0

0

0

 

CONCLUSÕES:

  • Com a utilização dos produtos Homeopáticos, verificou-se redução de 100% na incidência de incidência de Tristeza Parasitária Bovina nos animais dos lotes Desmama e Recria tratados.
  • Durante o experimento não houve necessidade de aplicação de carrapaticidas injetáveis e/ou pulverização nos Lotes Homeopatizados, ao passo que nos Lotes Controle, o intervalo entre aplicações, que antes era de 20 dias permaneceu o mesmo.
  • Os lotes homeopatizados  apresentarem maior resistência ao carrapateamento.
  • O Lote Desmama Tratado apresentou uma diferença de ganho de peso de 136g/cab/dia a mais em relação ao Lote Desmama Controle o que significou 26,5% a mais.
  • O Lote Recria Tratado apresentou uma diferença de ganho de peso de 172g/cab/dia a mais em relação ao Lote Recria Controle, o que significou  41,1% a mais.
  • Os lotes homeopatizados apresentaram ganhos de peso a maior, significativos, resultantes da ação bio-estimulatória sobre o sistema de defesa inespecífico e no anabolismo.
  • A não ocorrência de parasitismo externo, aliado a não ocorrência de TPB, permitiu às bezerras homeopatizadas, expressar melhor sua genética, traduzida por maiores ganhos de peso.
  • O protocolo utilizado para o Tratamento Homeopático utilizado foi EFICAZ, atingido os objetivos de modo pleno.
  • Os animais tratados, ao atingirem o estágio de Equilíbrio Orgânico Dinâmico, reduzindo os custos com medicações, reduzindo o uso de moléculas químicas com impactos positivos no meio-ambiente e na saúde dos trabalhadores.

 

 

VANTAGENS DO USO

A diarreia em bezerros pode ser determinada por vários agentes infecciosos de etiologia bacteriana, viral, infecção por protozoários, ou ainda, pelo conjunto ou associação de agentes que se utilizam de alguma condição de susceptibilidade intensificando o quadro clínico da doença em bezerros de diferentes faixas etárias (meses de idade). As principais causas de diarreias em bovinos jovens devem ser conhecidas, pois essa enfermidade é responsável por perdas econômicas importantes, e dependendo do agente causador da diarreia, do animal e do custo/benefício do tratamento, a implementação de medidas de controle pós-infecção tem um custo bem superior ao da aplicação de um bom manejo sanitário que visa a introdução de doenças no rebanho. A manifestação clínica da doença geralmente caracteriza-se por diarreia aquosa aguda com desidratação intensa e progressão ao óbito. 

A Tristeza Parasitária Bovina que é um complexo de doenças causadas por infecções com Babesia sp e Anaplasma sp. É transmitida pelos carrapatos Rhipicephalus (Boophilus) microplus e moscas hematófagas (Stomoxys calcitrans, tabanídeos, culicídeos), constituindo-se um fator limitante ao desenvolvimento da pecuária nos países tropicais e subtropicais.Os sinais clínicos mais comuns são: anemia (mucosas ocular, oral e vaginal esbranquiçadas), febre, icterícia (coloração amarelada das mucosas), prostração, desidratação, falta de apetite. Emagrecimento icterícia e anemia intensa estão associados à anaplasmose e a hemoglobinúria com a babesiose. Uma das babesias (Babesia bovis) pode ocasionar sintomatologia nervosa e os bovinos afetados apresentam incoordenação dos membros posteriores e agressividade.

Em animais jovens as perdas econômicas com essas duas enfermidades tem sido alvo de destaque. Para isso o Top Vita foi desenvolvido com a função de proteger o sistema imunológico e evitar que tais doenças se instalem com tal agressividade no organismo animal.

DÚVIDAS

a) Este produto pode deixar resíduo?

Não. Por se tratar de um produto natural, sua técnica de produção ultrapassa a divisibilidade da matéria, restando ao final apenas a energia do medicamento.

b) Como posso fornecer o produto?

 O fornecimento deve ocorrer diretamente na alimentação dos animais, seguindo as doses preconizadas de acordo com a categoria e divididas em dois tratos diários.

c) Quanto tempo demora a verificar os resultados?

A resposta é rápida, principalmente por melhorar o equilíbrio orgânico do rebanho, reduzindo o estresse.

d) Não tenho como separar o rebanho, posso fornecer para todos os animais?

Sim. Não existe contra indicações, o produto atuara preventivamente em todo rebanho.

e) Qual o princípio ativo contido neste produto?

Os produtos homeopáticos utilizam ingredientes do Reino Animal, Mineral e Vegetal em sua composição.

f) Posso utilizar mais de um produto numa mesma mistura?

Sim. Os produtos homeopáticos não anulam a função um do outro, ou seja, um potencializa a função do outro. Podendo ser trabalhados vários desafios em uma única alimentação. Ex: via ração podemos utilizar ate três produtos.

g) Em caso de ocorrência de TPB em vacas leiteiras posso utiliza-lo?

Sim, porem para estes casos recomendamos o uso de 60 g por dia associado ao Sacsom 20 g dia.

Seja o primeiro a comentar este produto

Queremos saber sua opinião

Produto: Top Vita - saco com 20kg